Governo aumenta IMCS e produtos encarecem até 10%

icms
Por Cindhi Belafonte

Empresas devem repassar aumento ao consumidor final a partir de 2016.

O reajuste de 18% para 25% na alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para o consumo comercial de energia elétrica em Minas Gerais, que integra o projeto de Lei 2.817 do governador Fernando Pimentel, aprovado pela Assembleia Legislativa do estado em 30 de setembro, deve aumentar em até 10% o preço dos produtos para o consumidor da região, segundo estimativa das regionais da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg)  do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Cinco deputados estaduais da região votaram contra a proposição do governador na Assembleia de Minas.  Dois outros foram a favor.

Compartilhar

Comentar

Espaço do anunciante